Quem sou eu

Minha foto
Sou casado, pai, cristão protestante. Formado em Pedagogia pela Universidade do Vale do Sapucaí - UNIVÁS, em Pouso Alegre, Pós-Graduado em Psicopedagogia Institucional pela Faculdade de Administração e Informática - FAI, em Santa Rita do Sapucaí, e Especializado em Políticas Públicas pela UFSC, em Florianópolis.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Uma nova identidade...

Em seu último ano de governo (2010), o Presidente Lula lançou em nosso país o novo documento de identidade - o registro de identidade civil (RIC), que passa a ter validade de 20 anos a partir da data de expedição e contém um chip para o armazenamento de todas as informações pessoais de cada cidadão.

Com esta ‘nova identidade’ todo cidadão brasileiro passará a ser identificado por apenas um número, com a impressão digital armazenada em um chip instalado no documento. Este chip conterá a fotografia 3x4 da pessoa, números de outros documentos e dados pessoais, como altura e cor dos olhos e, se o portador desejar, alguns outros dados relativos à saúde do mesmo, como alergias, tipo sanguíneo ou desejo de doar seus órgãos.
Inicialmente não haverá ‘custo’ para o cidadão na troca do atual documento de identidade pelo RIC. De acordo com o governo federal, a impressão digital no chip evitará confusões provocadas por homônimos e minimizará o risco de uma pessoa se passar por outra tanto para cometer crimes quanto para solicitar crédito. Inicialmente o novo documento será disponibilizado apenas em algumas grandes cidades brasileiras e existe a previsão de que em até nove anos o mesmo possa ser disponibilizado para todo o país.
Podemos ver o evidente avanço tecnológico e a busca por soluções na ‘universalização da individualidade de cada ser humano’, porém existe outra identidade na qual também somos únicos, que é a nossa identidade em Cristo, nossa identidade como cristãos, quando optamos por um relacionamento sério e verdadeiro com o Pai através da vida e dos ensinamentos de Jesus.
Quando adotamos este relacionamento e somos transformados, vivemos uma espécie de nova vida, num processo contínuo de aprendizagem daquilo que é correto, e procuramos agir e sermos cada vez mais parecidos com Cristo. Nesta nova vida não importa nossa nacionalidade, raça, educação ou posição social, mas se a pessoa percebe a coisas numa nova ótica, a visão de Cristo.
Diferentemente da ‘nova identidade’ digital que começou a ser usada em nosso país, nossa nova identidade em Cristo está disponível para todos, de qualquer cidade, estado, ou país, e a qualquer tempo, não apenas a partir de 2012 ou sei lá quando. Basta apenas assumir um compromisso sério, agora, de seguir os passos Dele. Na Bíblia lemos que “E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou; Onde não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo em todos”.
Outra diferença desta nossa ‘nova identidade’ em Cristo é que muitas vezes por ela o mundo não nos reconhece. Quando digo mundo entendam amigos, família, colegas de trabalho, colegas do futebol, todos nos vêem de uma forma diferente, pois realmente mudamos nossa atitude diante da vida, das adversidades, e dos momentos de vitória. Em I João 3:1-3 temos que “Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele. Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro”.

Não deixe para amanhã, ou para o próximo ano. Tome posse já! Da sua nova identidade, da identidade de Cristo, e em qualquer lugar que você se encontre, não apenas nas igrejas, mas com sua família, no trabalho, com os amigos, deixe resplandecer em você o brilho do amor de Deus. Não tente dirigir sua própria vida, mas confia a Jesus a direção do seu pensar e do seu agir. Ótima semana, a gente se fala...

2 comentários:

  1. Gostei do contraposto feito entre os nossos dois tipos de identidades! Parabéns!

    Por eu ser jornalista, só senti falta da data da informação: eu não sabia desta novidade feita pelo Lula. A noticia é dessa semana?!

    Deus te abençoe e uma ótima semana! PAZ!

    Glauber Destro
    http:glauberdestro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá, blogueiro (a),

    Salvar vidas por meio da palavra. Isso é possível.

    Participe da Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Divulgue a importância do ato de doar. Para ser doador de órgãos, basta conversar com sua família e deixar clara a sua vontade. Não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento.

    Acesse http://doe.vc/mq e saiba mais.

    Para obter material de divulgação, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

    Atenciosamente,

    Ministério da Saúde
    Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude

    ResponderExcluir