Quem sou eu

Minha foto
Sou casado, pai, cristão, membro e Presbítero da IPB de Cambui, no sul de Minas Gerais. Formado em Pedagogia pela Universidade do Vale do Sapucaí - UNIVÁS, em Pouso Alegre, Pós-Graduado em Psicopedagogia Institucional pela Faculdade de Administração e Informática - FAI, em Santa Rita do Sapucaí, e Especializado em Políticas Públicas pela UFSC, em Florianópolis.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Homenagem à Abelha Rainha do Pop...

-->
           Na verdade mais do que uma homenagem à Banda Kid Abelha e a Paula Toller, através dos nomes de grandes sucessos em seus 30 anos de carreira, este texto também é uma viagem por lembranças do passado não tão distante. Sim, meu passado, nosso passado, afinal o amor é um sentimento pra ser vivido, ainda que soframos por ele...
            ...Toda vez que tento estar NO SEU LUGAR, ver as coisas do seu modo, as lembranças me levam pra longe.
            Você pode achar que não é forte NADA TANTO ASSIM, mas minha EDUCAÇÃO SENTIMENTAL, volume I ou volume II, não me preparou para lidar com a saudade ou com a ausência da sua presença...
            Muitas vezes eu disse que iria embora, que não queria mais, mas não era verdade... Muitas vezes no amor, DIZER NÃO É DIZER SIM. Tantas vezes eu te entreguei TODO MEU OURO, PORQUE EU NÃO DESISTO DE VOCÊ, aliás nunca desisti.
          AMANHÃ É 23, e isso me lembra que em NOVENTA E DOIS ainda éramos duas crianças, como GAROTOS, não sabíamos até onde o amor nos levaria...
          Pra mim você nunca foi, nem nunca será, apenas um CASO DE VERÃO. Ah se soubesses COMO EU QUERO estar perto de ti... Meus amigos achavam que eu tinha apenas FIXAÇÃO em você, mas eu só sei que NADA SEI quando estamos juntos...
          Já tentei te esquecer... Conheci Ana, Juliana, Elaine, ALICE, mas como se fosse uma PINTURA ÍNTIMA, eu me apego às lembranças, e te desejo hoje mais do que ontem...
         Outro dia mesmo EU TIVE UM SONHO, em que a gente fazia uma viagem, somente eu e você, hospedávamos num GRAND' HOTEL, lindo, maravilhoso, e eu fingia ser SEU ESPIÃO, isso mesmo, e aí eu espionava você em meio ao público, sua beleza, seu andar, seu jeito... E me orgulho de ter a sua companhia... 
        Sabe, eu não tenho dúvidas em dizer que TE AMO PRA SEMPRE. E ponto final... A gente se fala.
-->

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

A história de um homem e sua latinha de óleo



Conta-se a história de um homem que levava sempre consigo uma latinha de óleo, e, se passava por uma porta que rangia, punha um pouco de óleo nas suas dobradiças. Se um portão estava difícil de abrir, punha óleo nas dobradiças.
Assim passava ele pela vida, lubrificando todos os pontos difíceis e suavizando-os para os que vinham atrás dele. O povo chamava-o de esquisito, excêntrico e amalucado, mas o velho prosseguia firmemente abastecendo a lata de óleo quando se esvaziava e lubrificando as coisas emperradas que encontrava.
Há muitas vidas que rangem e ficam perras, duras no viver de cada dia. Nada vai bem com elas. Precisam de um pouco de óleo da alegria, da delicadeza, da consideração.
Você tem uma lata de óleo consigo? Então esteja pronto com seu óleo do auxílio logo de manhã, para utilizá-lo com a pessoa que estiver mais perto. Aquele pouco de óleo poderá ser útil para lubrificar todo o seu dia.
O óleo do bom ânimo para o que está desanimado – quanto poderá significar! A palavra de coragem ao que está sem esperança. Fale-a. Nossas vidas tocam algumas vidas apenas uma vez nesta caminhada e depois os caminhos se separam para nunca mais se encontrarem.
O óleo da benignidade, ou seja, da suavidade, da brandura, já abrandou as bordas agudas e cortantes de muitas vidas endurecidas pelo pecado, deixando-as suaves, maleáveis; prontas para a graça sedutora do Salvador.
Uma palavra dita de modo agradável é como uma grande réstia de sol num coração triste. “Dê aos outros o sol; conte o resto a Jesus.” Sede afeiçoados ternamente uns aos outros. Romanos 12:10, O fruto do Espírito é benignidade. Efésios 5:18.