Quem sou eu

Minha foto
Sou casado, pai, cristão protestante. Formado em Pedagogia pela Universidade do Vale do Sapucaí - UNIVÁS, em Pouso Alegre, Pós-Graduado em Psicopedagogia Institucional pela Faculdade de Administração e Informática - FAI, em Santa Rita do Sapucaí, e Especializado em Políticas Públicas pela UFSC, em Florianópolis.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Morango ainda movimenta a economia em Cambuí


Assim como em grande parte das cidades do Circuito Turístico Serras Verdes do Sul de Minas Gerais, em Cambuí o morango apresenta destacada importância econômica, social e culinária, pois além de sua produção girar em torno de 5 milhões de reais por ano (Fonte: entidades econômicas locais), ela é uma cultura que proporciona elevado rendimento por área plantada, demanda uma quantidade considerável de mão-de-obra, e freqüenta os mais requintados, ou os mais simples, cardápios e livros de receitas.
            Se levarmos em consideração outros dados fornecidos por técnicos que atuam diretamente com os produtores, apesar do que vinha se dizendo na região, de que o morango estava com seus dias contados, a verdade não é bem esta. A expectativa é de aumento da produção e nas vendas, conforme informações coletadas com o Engenheiro Luiz Claudio Nimtz, que dá assistência aos produtores através do trabalho da EMATER/MG em Cambuí.
 
            Mas para que isso possa acontecer de forma evidente, é necessário que os produtores e suas famílias aprendam a lidar com o mercado consumidor, e também a agregar valor na fruta in natura. Por isso mesmo, em Cambuí, a parceria EMATER e Prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento, vêm dando resultados.
A entidade técnica vem exercendo a função de trazer cursos e treinamentos para os produtores locais e suas famílias, através do trabalho sócio-cultural da técnica Jucimar Freire, e a Prefeitura de Cambuí apoiando com logística e divulgação este trabalho.
            Foram ministrados em 2009 cursos de manuseio de alimentos e frutas, produção de tortas doces e bebidas, e o resultado deste projeto pôde ser comprovado no Festival Delícias do Morango, evento realizado no dia 21 de outubro de 2010, e no qual mulheres oriundas dos bairros produtores participaram com suas deliciosas receitas de doces, bolos e tortas, e bebidas, todas a base de morango, e concorreram a prêmios e brindes doados pelos empresários da cidade.
De acordo com dados da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, a intenção deste primeiro festival foi incentivar com que as pessoas aprendam a agregar valor ao morango, e desta forma gerar renda para as famílias produtoras.
Em 2011, quando da realização da Festa do Morango no bairro do Rio do Peixe, um dos maiores bairros rurais, e o maior produtor de morango no município, espera-se realizar a 2ª edição do Festival Delícias do Morango em Cambuí, com uma participação maior.
Confira algumas informações que confirmam e evidenciam a importância do morango para Cambuí, e para a região do “Serras Verdes”:

       Estimativa da Produção de Morango - Município de Cambuí Ano 2010:                                                
Área cultivada com Morango: 125ha¹
Número de Pés de Morango: 10.000.000 de Plantas*
Produção estimada no ano (2010): 6.000 ton = 6.000.000 Kg *
Número de Produtores: 514*
O morango produzido no sistema orgânico em Cambuí, no ano de 2010 será em torno de 240.000 plantas, que corresponde a uma área de 3 ha (hectares), ocupando em torno de 15 famílias produtoras, o que também corresponde a uns 30 empregos diretos no mínimo.
Deve-se salientar que atualmente o preço do morango orgânico é superior ao do morango produzido na maneira convencional, girando em torno do dobro do preço do morango convencional.
Bairros Produtores: Rio do Peixe, Congonhal, Furnas, Campestre, Meia Légua, Água Branca, Nunes de Baixo, Nunes de Cima, Anhumas, Itaim Portão, Serra do Cabral, Vargem dos Ilhéus, Mata, Lopes, Pessegueiro.
Número de pessoas envolvidas direta e indiretamente na cultura do morango em Cambuí: 1.900*
¹ = 1 ha = 10.000m²
*= Estimativa
(Dados: EMATER/MG – escritório Cambuí)

Nenhum comentário:

Postar um comentário