Quem sou eu

Minha foto
Sou casado, pai, cristão protestante. Formado em Pedagogia pela Universidade do Vale do Sapucaí - UNIVÁS, em Pouso Alegre, Pós-Graduado em Psicopedagogia Institucional pela Faculdade de Administração e Informática - FAI, em Santa Rita do Sapucaí, e Especializado em Políticas Públicas pela UFSC, em Florianópolis.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Tome uma atitude...


Como todo artigo que escrevo, e esse não é diferente, sempre me baseio em algo que tenha mexido comigo, que tenha me despertado para algum tema que possa interessar aos amigos leitores.
Recordando-me de uma pregação que assisti de um Pastor da IPB, lembro de que o mesmo explanou sobre uma passagem da Bíblia (Marcos 10: 46-52), em que Jesus passa pela cidade de Jericó, e ao sair da mesma tem um encontro com um homem chamado Bartimeu, que era deficiente visual e excluído social, que ficava sentado à beira do caminho pedindo e vivendo de esmolas, mas ao ouvir falar do Messias e de sua passagem por aquele local, se levanta e “toma uma atitude”...
Neste insight, me veio à mente o tema de nosso papo semanal aqui no Blog: TOMAR UMA ATITUDE. Mais importante do que a cura que Jesus realizou na vida daquele homem, no meu ponto de vista, é o porquê da realização da mesma.
Como muitos de nós, Bartimeu era uma pessoa com limitações físicas, deixado a margem da sociedade e cujos problemas pareciam intransponíveis. Ao ouvir falar de Jesus e de seus feitos, e que o mesmo iria passar próximo do local onde se encontrava, ele tinha duas opções: ficar ali, coitadinho, humilde, cheio de vergonha e de seus problemas e angústias e esperar que “um milagre caísse do céu”, ou então sacar fora sua capa, se levantar, sair de sua “zona de conforto” e bradar aos quatro cantos “...Jesus, Jesus, tem compaixão de mim..., ...que eu torne a ver...”.
E quanto mais as pessoas tentavam fazer com que Bartimeu se calasse e voltasse para seu cantinho, tentando calar seu grito de liberdade, seu grito de excluído, mais aquele homem gritava e suplicava a atenção do Messias. E Jesus parou, e foi ter com ele, e realizou seu desejo de fé: voltar a ver. A fé, a persistência e a atitude de Bartimeu comoveram Nosso Senhor.
Nas nossas vidas não é diferente. Temos nossas limitações e problemas para resolver. E como aquele homem, também temos nossas opções: ficar em casa amargurados reclamando de tudo e de todos na vida, ou levantar, sacudir a poeira tomar uma atitude e conquistar nossos ideais.
É cômodo sentar e criticar a esposa, o marido, o filho, o pai, a mãe, o emprego, o patrão, o Prefeito, a “Dilma”, e não fazer a nossa parte para que nossos sonhos se realizem. E lembrem-se: nada cai no nosso colo a toa. Mesmo as bênçãos que Deus nos concede mediante a Sua graça, concede também porque demonstramos fé Nele e em seu poder. 
O meu desejo é que você tenha uma semana de muita paz, muito sucesso e que todos nós possamos sair de nossas zonas de conforto, tomar atitudes e atingir nossos objetivos, a gente se fala...

Um comentário:

  1. Olá só passei para desejar muitas bênçãos sobre você e sua família. Que Deus continue abençoando esta obra. Abraços e fique na paz do Senhor
    http://www.mensagensedificantes.com/

    ResponderExcluir